Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


A POLÍTICA

por Zilda Cardoso, em 04.01.09

 

 

A cada passo, sinto imensamente a necessidade de repensar o que é a política e, naturalmente, o que é a democracia.

Para repensar a política, socorro-me da experiência que tenho tido e do que li no tempo em que não tinha essa experiência. E também procuro com frequência ler o que no presente se escreve sobre o assunto.

Esta foi a vez de alguns textos de Hannah Arendt nascida na Alemanha , Hanover, em 1906. Formada em filosofia, em teologia e em filologia, exilou-se nos Estados Unidos em 1941 e aí ensinou ciências políticas e filosofia; morreu em 1975.

Os textos são por isso contemporâneos. Resultaram de encontros e conferências e terão sido escritos ainda nos anos 50 do século XX, se bem que a sua edição original seja de 93 e a que eu tenho nas mãos, edição do Seuil, seja de 1995.

É uma tradução para francês intitulada Qu’est-ce que la politique?  em que Arendt tenta definir o que é a política: são fragmentos e ensaios de quem dedicou a sua vida ao pensamento político filosófico teológico.

Segundo Arendt, a política não nasce com o homem, não faz parte da sua essência. A política nasce com a comunidade, nasce das relações entre os homens.

É claro que há o sentido geral do termo que tem a ver com a forma como nos relacionamos com o outro ou com os outros.

A política de que falamos, ao contrário da ciência - a biologia, a psicologia, a teologia, qualquer pensamento científico - que se refere ao homem,  a política toma como referência os homens, a comunidade dos homens, as relações entre eles.

No entanto, os homens são diferentes uns dos outros.

Então de que modo, visto que é isso que queremos, se pode garantir os mesmos direitos a indivíduos tão diferentes?

Diz Arendt que “A política organiza d'emblée seres absolutamente diferentes considerando a sua igualdade relativa e abstraindo da sua diversidade relativa”.

Quer dizer, a política organiza as relações entre os homens esquecendo que são diferentes e considerando-os como iguais. Ou dito doutra maneira, considerando-os como iguais embora saiba que são diferentes.

Poderão estar aqui as razões das dificuldades da política.

Isto são noções básicas de que se pode partir para uma reflexão aprofundada, embora a política não se dê muito bem com pensamentos profundos.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:12




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2010
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2009
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2008
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D