Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


DESEJO

por Zilda Cardoso, em 21.02.09

 

Como um poema.
Concentro-me na elaboração de um pensamento que seja a síntese do trabalho e da experiência de uma vida. Um objecto que não tenha nada de material nem de humano.
Que peregrine inteiramente desligado de mim, livre das tramas e ramas com que o envolvia e que eram rumores e frios e crepúsculos.
Que se afirme como lógico em si, poliédrico e transparente cheio de lua, brilhante e nítido, intocável, árvore firme e rio fluido e azul.
Que explique e resolva problemas como se teoria científica fosse ou memória de computador que se utilize, livro que influencie, obra de arte que deleite.
Um pensamento como um POEMA, sonho de perfeição do ninho, memória de perfume suave e expressivo, imaginação de doce-vaga-vogando da sinfonia clássica do violino, evocação de gótico da catedral ao fim do dia.
Mas não traduzo nada em língua.
Apenas o desejo.
 

 

(Dedico este escrito à minha amiga Laurinda Alves, candidata independente pelo MEP ao Parlamento Europeu.  Recomendo vivamente o seu blogue (laurindaalves.blogs.sapo.pt)actualmente ligado às suas Crónicas de Campanha e onde poderão ver o programa deste partido.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:44

OBAMA JÁ CUMPRIU

por Zilda Cardoso, em 22.01.09

 


 

 

 

 

Realizou o mais importante: criou uma onda gigantesca de interesse - pelo seu pensamento, pelas suas palavras, pelas suas atitudes - que nos tem levado ao desejo de voltar aos princípios de moral esquecidos, tanto na política como na vida quotidiana.

Não poderá nunca desiludir-nos porque o mais relevante está feito: convenceu-nos de que éramos capazes. Agora é com cada um de nós.

Começaremos pelo trabalho na nossa comunidade, e iremos por aí além, para já distraídos de enormes cidades e de gigantescos arranha-céus, de colossais empreendimentos e de viagens interplanetárias. De coisas grandiosas e vazias.

Estamos muito a tempo de voltar atrás e recomeçar. Seguir um caminho mais luminoso e mais firme.

Não nos vamos ficar pelo desejo de voltar aos velhos princípios de moral. Aos poucos, sem espalhafato, abandonada a ganância e a irresponsabilidade, vamos conseguir segui-los, caminhando com convicção e com perseverança. Caminhando.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:09




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2010
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2009
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2008
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D