Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


LUTAR ATÉ VIVER (2)

por Zilda Cardoso, em 21.11.09

Continuo a transcrição da nota preliminar do livro LUTAR ATÉ VIVER de Vitor Raimundo Martins e da família, pois todos colaboraram na sua feitura - escrita e ilustração.

 

 

"A HEPATURIX é uma associação de jovens
transplantados e com doenças hepáticas crónicas e nós, os pais
que a fundámos, tivemos um papel determinante na defesa da
“Escola de Coimbra” criada há 15 anos pelo Sr. Prof. Alexandre
Linhares Furtado e hoje liderada pelo seu filho!
Felizmente que o Dr. Emanuel Furtado manteve-se
connosco e à frente do programa TRH. Hoje, passados mais de
dois anos e meio sobre essa “crise”, continuamos com algumas
preocupações, mas pelo menos o programa funciona!
Assim têm-se salvo algumas vidas “pequeninas”, porque
nem todos os casos teriam resposta no estrangeiro, como aliás se
verificou nessa altura com o envio de uma criança para Madrid e
que acabou por ser transplantada em Portugal.
Como entretanto a transplantação hepática deixou de ser
notícia pelas “piores” razões, apercebi-me que o assunto tem tido
tendência a esbater-se. Ao poder político e a quem decide, espero
que o livro sirva pelo menos para relembrar que é necessário
investir na formação de mais cirurgiões!
Espero também que este seja um testemunho útil para
todos aqueles que tenham a infelicidade de passar por um
processo idêntico! Aos outros, ficará apenas a história…"
... que é uma belíssima história de amor.
 
 
A minha neta Mini tinha 7 anos quando desenhou esses cavalos (ela é apaixonada por cavalos) e agora dedica a sua obra prima ao nosso  pequenino herói de Lutar até Viver.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:26

O rigor da Mini

por Zilda Cardoso, em 01.09.09

 

A Mini não deixa passar nada, nadíssima. Estou sempre pronta a irritar-me com ela por causa disso, como se fosse razoável!
Sei que devia agradecer-lhe o estar atenta às minhas palavras, aos meus gestos, mesmo aos meus pensamentos. Mas não, zango-me quando me repreende!
E a verdade é que tem sempre razão.
Pronto, a propósito da aranha cor-de-rosa, ela afirmou com ar consternado, ao ler o texto publicado no blogue ontem, que a aranha era cor-de-laranja, avó!
Ora, que importância tem?!... repliquei irritada mesmo, mesmo irritada, apesar de tudo.
E quis saber se era boa aluna na escola, já que tinha ouvido uns zunszuns… Ela respondeu risonha, risonha e ar inteligente: “sou má aluna!”
Como assim? Má aluna a tudo? Ou só a Inglês? Talvez a Português? Ou…? Insisti.
“Não sei”, responde.”A avó deve perguntar essas coisas à mãe!” – repreende-me ela mais uma vez.
Pois.
Telefono à mãe.
“A Mini é boa aluna”.
Como? Ela diz que é má.
“Não, não é má. Na escola é boa, em casa tem preguiça de fazer os trabalhos. Pode dizer que não tem nada para fazer e tem; ou que já fez… Não tive tempo de vigiar. Nesse aspecto, este foi um ano mau aqui em casa”.
O mais provável, é a Mini estar certa. Ela não concorda com trabalhos de casa. A escola, 3ªclasse, até às 4 horas da tarde… chega. Tem um grande lazer para rechear de novidades e diferenças. Acho que gostaria de tratar de cavalos, por exemplo, passar-lhes a escova no pêlo com carinho, mais ainda do que montá-los.
A Mini é a pessoa mais sensata que conheço, já o tenho dito.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:52




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2010
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2009
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2008
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D