Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



A Galinha Celeste colocou o chapéu de palha...

por Zilda Cardoso, em 26.12.09

 

O livro começa assim:

“O sr. Domingo acordou cheio de sol”.

Não estou a exagerar quando afirmo que nunca tinha visto um livro tão bonito, tão acariciante. No seu conjunto, é um primor de bom gosto – pelas cores, pelas ilustrações, pelo design gráfico. Fiquei a desfolhá-lo longo tempo, vezes sem conta. Saboreando. Fruindo a novidade.

O título é Força, Tomás! Recordei uma frase do blogue de José Alberto de Oliveira, franciscano, poeta e professor:” O acto de ler e reler é propício ao encontro de nós mesmos entrevistos nessa frase perdida no corpo do livro”. Ou presente no título.

É um livro para crianças, mas eu fui ao encontro de mim por diversas vezes durante a leitura desta  história de acção passada entre os animais de uma quinta que conversam e vibram, se zangam e se divertem. Se aconselham, se apoiam e se empenham. Se estimam.

Não me pareceu uma fantasia, mas uma representação da realidade. Se bem que o sonho esteja lá, no objecto, esteticamente perfeito, sonho de um mundo rosa sobre azul.

Jogam futebol na Quinta e surgem todos os problemas de um jogo emocionante e apelativo entre o Sport Club Có-có-ró-có-có e o Marrecos Futebol Clube. São problemas com árbitros, claques, treinadores, bons e maus resultados, campeonatos; as taças ganhas e as perdidas, lesões e abandonos, difíceis decisões e encorajamentos. E caprichos e medos também. Só não li acerca de ordenados e contratos milionários.

Enfim, alegrias e tristezas da vida dos animais de qualquer quinta!

Há muitos conhecimentos e muitos ensinamentos facilmente e gostosamente assimiláveis, muita ternura e muito amor. Uma grande sensibilidade das autoras - dos textos e das ilustrações, Yolanda Freitas e Marta Belo.

O livro acaba deste modo:

“Foi um jogo emocionante. A Celestinha pulava de contente…  O sr. Perú chorava de alegria… O Tomás? Marcou 15 golos! E os Marrecos ganharam a taça!”

Vivam os Marrecos, mas, da próxima vez, vou desejar que ganhem os outros.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:22


12 comentários

De cabecilha flipado e companhia a 27.12.2009 às 00:00

A Yolanda esteve convidada para o projecto de cd da Vantag, numa das suas últimas versões/variações. Ao longo do processo, surgiu a possibilidade de mesmo antes dos sons ser editado o papel... a Yolanda fez bom uso dele! :)

De Zilda Cardoso a 27.12.2009 às 09:57

Para mim, de outra geração, o papel continua a ser muito importante. E, neste caso, a edição em papel é de um bom gosto impressionante, tocável e azul. Como se veria isto em cd?
Porém, é claro que o cd tem outras qualidades, características e vantagens.

De João Nuno a 27.12.2009 às 00:53

Querida Zilda, descobri o seu blogue através da Laurinda Alves! Belos escritos. Estou encantado!
Deixo-lhe o meu - http://joaonunomb.spaceblog.com.br

Um abraço e Festas felizes!

De Primavera a 27.12.2009 às 11:42

É realmente um livro bonito, não só pelo seu conteúdo mas tb pelo carinho com que foi "feito"! :))

De yolanda a 27.12.2009 às 14:09

obrigada amiga:) realmente foi feito com muito amor

De yolanda a 27.12.2009 às 13:18

Obrigada.
Fico MUITO FELIZ que tenha gostado.
Realmente não fala em contratos, nem dinheiro. Porque , para mim, ainda são as emoções e sentimentos que valem mais que tudo na vida. Vou já avisar a Marta que , tenho a certeza , também vai ficar muito contente, com os seus carinhosos elogios ao "nosso Tomas".
Um grande beijinho
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Obrigada. <BR>Fico MUITO FELIZ que tenha gostado. <BR>Realmente não fala em contratos, nem dinheiro. Porque , para mim, ainda são as emoções e sentimentos que valem mais que tudo na vida. Vou já avisar a Marta que , tenho a certeza , também vai ficar muito contente, com os seus carinhosos elogios ao "nosso Tomas". <BR>Um grande beijinho <BR class=incorrect name="incorrect" <a>Yolanda</A> <BR><BR><BR>

De cabecilha flipado e companhia a 27.12.2009 às 22:18

wow a Y inventou uma nova escrita no comentário acima :)

De yolanda a 28.12.2009 às 15:17

e o Jota ce inventou-me um nome novo "YolandO" :)

De cabecilha flipado e companhia a 28.12.2009 às 20:14

yolando é o gerúndio do verbo yolar... por isso era yolando em Ariadne... se bem me lembro

De Vitor Raimundo Martins a 27.12.2009 às 23:10

Olá Zilda, ora viva para todos os seus leitores!

Eis um livro que apetece logo comprar e seguramente que o Alexandre admirará, vamos lá ver é se o encontramos!

Tenho estado arredado dos comentários e por isso vou agora aqui esclarecer “um pormenor” … já fora de contexto! Estou-me a referir aos comentários a propósito da capa do livro “Lutar até Viver”, de ser ou não apelativa, etc!

Sou franco, adoro a capa e o mérito da mesma deve-se em partes iguais à minha filha Inês que tem 16 anos e à Chiado Editora, embora o Alexandre também tenha tido um bocadinho de colaboração.

A capa tem uma foto do Alexandre esbatida e uma espécie de balões coloridos desenhados pela Inês. A contra-capa tem o resto dos balões e a N/ família em versão “anime”, que foi um desenho-prenda que a Inês me ofereceu no dia do Pai de há uns dois ou três anos atrás! Os “bonecos” foram feitos pelo Alexandre numa sua interpretação do mar de Ibiza e neles podemos ver, uma anémona, uma estrela do mar, um tubarão e um caranguejo.

A Chiado foi responsável pelo arranjo do conjunto e ainda que não fosse nossa intenção torná-la apelativa, é verdade que tivemos a preocupação de fazer uma capa bonita, que transmitisse serenidade e sobretudo esperança, logo necessariamente teria de pelo menos tentar ser apelativa!

Recebi e continuo a receber críticas incrivelmente positivas, digo isto porque, sinceramente e sem falsas modéstias, as pessoas têm ficado rendidas ao meu (nosso) livro e o facto de eu ser um “anónimo desconhecido” leva-me a afirmar que é incrível o efeito que se gerou e continua a gerar!

É pena a dificuldade que existe em encontrar o livro! Só assim se explica que ele tivesse chegado a nº 2 na livraria virtual “Apolo 70”, logo na semana em que a 1ª edição esgotou… As pessoas não o encontram e por isso socorrem-se da Net!

A todos os que não o consigam localizar e o queiram mesmo ler, contactem-me que será um prazer fazê-lo chegar até vós!

Desculpe Zilda por utilizar este seu espaço, para esta “publicidade” e bem hajam a todos!

http://lutarateviver.blogspot.com/

De Zilda Cardoso a 28.12.2009 às 08:41

O espaço está disponível para todos os amigos.
Gosto sempre de saber notícias da Família do Ano, todos tão simpáticos!
A capa do seu livro está muito bonita e é apelativa, não se preocupe com isso.
Fico feliz por saber que o público continua muito interessado na história que não é para esquecer.
Quanto ao livro da Yolanda e da Marta vou perguntar como obtê-lo facilmente; neste momento, não sei. Tenho a certeza de que o Alex vai gostar de o ver e como ele, além do mais, é um objecto bonito, o poder desfolhá-lo e vê-lo atentamente, ajudará a formar o seu gosto, pelo menos.
Um abraço para todos.

De yolanda a 28.12.2009 às 15:16

o livro ainda tem (?) alguns a venda na livraria Latina em Santa Catarina no Poroto e no site da editora EDITA-ME. A segunda edição vai sair agorinha mesmo em Janeiro :)

Yolanda

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2010
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2009
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2008
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D