Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Revolucionar a Educação

por Zilda Cardoso, em 17.03.12

 

 

Visitei em Oeiras um espaço magnífico que me deu muita esperança de que o mundo possa ser melhor daqui em diante.

O Espaço ou o Centro propõe “expandir e exercitar o corpo e o espírito, através da conjugação de técnicas inovadoras e ancestrais em complementaridade com as medicinas tradicional e alternativa, ferramentas tecnológicas de estimulação cerebral; e actividades lúdicas e recreativas”.

Um grande programa que parte de uma ideia excelente, concretizada num projecto já visível nas salas cheias de luz e de cor, abertas e divertidas, um lugar afastado do bulício da cidade, mas suficientemente perto para ser acessível a qualquer.

Fundamentalmente aprende-se a “pensar, olhar, crescer, envelhecer, comer, sentir… de outra maneira”. Não é salutar?

Tudo, no que respeita a educação tem estado a ser malfeito, nestes últimos anos. Então é necessário re-educar o corpo e a mente. Aqui, há ideias, programas e serviços para as crianças e para os jovens, para os adultos e para os séniores, e também para as famílias e para os técnicos da educação e de saúde. Todos são contemplados, todos devem estar bem.

Este ambiente amplo e alegre é o melhor para uma aprendizagem contínua e para a estimulação de novas competências. E valoriza a ”integração intergeracional e a dinâmica de grupo”.

É um espaço para actividades “cross ages”, dizem os responsáveis. De que modo? Pergunto, confusa.

Sei que a intenção é revolucionar a educação de crianças e de jovens e a forma de tratamento dos mais velhos, querendo integrá-los, activos e inteligentes, na sociedade a que pertencem.

É um longo caminho, mas vai valer a pena, considerando que, desse modo, uma parte importante da população deixará de ser indesejável e a sociedade beneficiará das suas múltiplas experiências e sabedoria.

Com a ajuda do Re-Age, aprenderemos a utilizar os dois hemisférios do cérebro em conjunto, tirando dele o melhor partido. Teremos crianças seguras de si e que se estimam e idosos seguros do seu valor que se estimam e são estimados. Uns e outros criarão melhores laços familiares e uma nova consciência social que integre valores de inclusão e respeito pelos mais fracos, favorecendo a qualidade relacional, valorizando o sentimento de família e a criação de projectos de vida ambiciosos…

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:44


11 comentários

De Marta M a 17.03.2012 às 11:55

Boa dia Zilda:
Compartilho do seu entusiasmo e sublinhado por estas boas ideias, capazes de ir "consertando"o mundo.
Ou pelo menos ajudando à interacção entre todos...:)
Só lhe peço o nome, ou link , pode ser?
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Boa dia Zilda: <BR>Compartilho do seu entusiasmo e sublinhado por estas boas ideias, capazes de ir "consertando"o mundo. <BR>Ou pelo menos ajudando à interacção entre todos...:) <BR>Só lhe peço o nome, ou link , pode ser? <BR class=incorrect name="incorrect" <a>Bomfim</A> de semana <BR>Marta M

De Sofia Freudenthal a 17.03.2012 às 13:45

Olá Marta,

Somos a RE Age, Lda. e estamos em Oeiras na rua Gazeta de Oeiras, 12B.

O nosso site ainda está em construção, mas nós estamos em plena actividade e temos muito gosto em a receber para conhecer o nosso espaço.

Mandarei todos os contactos por aqui, muito em breve. Para já pode sempre contactar-me para o telemóvel: 913053071

Obrigada pelo interesse,
Sofia Freudenthal

De Isabel Maia Jácome a 19.03.2012 às 22:38


Querida Zilda
Acho fantástica a iniciativa.
Gostava de poder aprender também... quem sabe se encontra aí parte do que procuro? Sei que não será fácil, dada a distância... mas aredito que possa aprender alguns passos para alguma da mudança que é necessáriapara vivermos melhor de alma e corpo... poderei saber também do site, quando ele existir?
Obrigada, Zilda
Abraço

De descobrirafelicidade a 17.03.2012 às 19:14

Que maravilha Zilda! Vivo relativamente perto de Oeiras e não conhecia este espaço. Creio que a grande mudança que este novo século nos impõe (decorrente dasituação demográfica actual) passa justamente por uma estratégia activa em termos educacionais, pela promoção de acções intergeracionais, pela consciencialização da nossa responsabilidade no combate a certas tendências enraizadas e na promoção de uma sociedade mais aberta e inclusiva. Em vez de encararmos o envelhecimento como um problema deveremos perspectivar todos os aspectos positivos que se anunciam, entre eles a oportunidade única e imensa de vivenciarmos a partilha de experiências entre as diferentes gerações que se encontram pela primeira vez na História. E aqui temos este encontro num espaço que nos permite, de facto, acreditar "que o mundo possa ser melhor daqui em diante." Iniciativas como esta dão-nos alento para prosseguir e merecem ser divulgadas o mais possível. Muito obrigada pela partilha. Um abraço de quem sempre a acompanha embora silenciosamente
Teresa
http://optimismoemconstrucao.blogspot.pt/

De Zilda Cardoso a 17.03.2012 às 20:02

Olá Teresa, Muito obrigada pelo comentário e por me seguir. Gostaria que conversasse com a Sofia que é quem dirige este projecto com grande entusiasmo e pf veja a resposta dada por ela à Marta M. no comentário anterior.

De Sofia Freudenthal a 02.04.2012 às 11:06

Bom dia Teresa,
Falámos na sexta feira e combinamos encontro hoje, dia 2 de Abril, pelas 16h. Será que lhe fazia muita diferença adiar para as 18h ou para 4ªf 14/15h?
Não fiquei com o seu nº de telemóvel e não sei como a contactar.
Obrigada pelo interesse no nosso projecto

Sofia Freudenthal

De pmvsc a 18.03.2012 às 13:24

já sou utilizador do espaço, que recomendo.. e felicito os promotores .. parabéns pela iniciativa !

De Zilda Cardoso a 18.03.2012 às 14:21

De que modo utiliza o espaço? Para que fim? É essencial saber para compreender a recomendação.

De Sofia Freudenthal a 19.03.2012 às 11:22

Bom dia Zilda,

A responder ao seu pedido de esclarecimento, uma das nossas apostas e porque um dos nossos objectivos é ajudar as pessoas a exercitar o cérebro nas suas duas áreas principais, temos uma "ferramenta" do século XXI para isso e que é um complemento fabuloso de tratamento: O Neurofeedback. Explicarei à frente em que consiste. Para fazer um protocolo adequado a cada caso, fazemos antes exames complementares, como o EEG para podermos estabelecer um protocolo específico para cada caso e segundo as necessidades. Este EEG foi um dos exames que o pmvsc fez para depois começar as sessões de Neurofeedback.

De Sofia Freudenthal a 19.03.2012 às 16:14

Olá Zilda,
Para esclarecer as dúvidas que possam ter surgido, um dos nossos objectivos primeiros, é ajudar as pessoas, de qualquer idade, a exercitar o seu cérebro, nos dois hemisférios. Assim e como complemento às outras actividades que temos para esse fim, apostámos num nova tecnologia de tratamento, o Neurofeedback O Neurofeedback, também conhecido como neuroterapia ou EEG de biofeedback, é uma técnica que envolve a auto-aprendizagem de como modificar a actividade das ondas cerebrais, de modo a que o paciente aumente a atenção, reduza a impulsividade e ansiedade.
Estimular, melhorar a performance, adaptabilidade, resistência e independência de cada um de nós.
Antes, fazemos um EEG e assim, garantimos que o protocolo que se estabelece vá de encontra as necessidades pretendidas.
Espero ter ajudado. Estarei aqui para esclarecer qualquer dúvida que surja.

De Isabel Maia Jácome a 19.03.2012 às 23:13

Querida Zilda... comentei algures... mas o que queria dizer, no meu entusiasmo, é que muito do que quero é precisamente Revolucionar a Educação!... Há tanto para fazer... as mães, os pais, as avós, as famílias... estão tão sedentas de apoio, de terem quem as ajude a comprenderem-se a si próprias, ao mundo e às cianças, a quem desejam dar o melhor... sendo também tão importante mostrar-lhes as alternativas do conceito de MELHOR!!!
Com a consciência desta minha vontade, desejo, chame-lhe o que quiser, mas ao mesmo tempo, com a minha consciência do tanto que preciso aprender ainda para poder ajudar mais e mais esses que tanto procuram, sem mesmo saber onde, caminho por vezes a sentir-me sozinha. Sei que não estou... a leitura deste poste prova-o... há quem esteja tão à frente!!! e acho fantástico.. e desejava estar perto e poder aprender, para me mudar... para ajudar a mudar quem também o deseja...
.. fica-me esta alegria de saber cada vez mais que há quem partilhe a sabedoria do que já decobriu... e o conhecimento... e por isso ficarei atenta... e feliz!
Beijinho
Isabel

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2010
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2009
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2008
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D