Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Festejamos 30 anos de carreira de Souto Moura

por Zilda Cardoso, em 23.09.11

 

 

Não sei se a maioria dos portuenses se apercebeu do acontecimento importante dos últimos dias, 19 e 20 de Setembro, na Casa da Música. Por isso, lembro que não foi um concerto musical. Foi outro tipo de concerto a que eu pude assistir por especial deferência dos organizadores. Festejamos 30 anos de carreira do arquitecto do Porto mais premiado, se nos esquecermos de Álvaro Siza. Que não vamos esquecer!

Sinto-me muito ligada aos arquitectos do Porto, sobretudo depois de ter privado com Siza que fez o projecto de reconstrução das nossas casas de Moledo do Minho. E ainda mais desde quando os contactei regularmente e pedi desenhos e projectos de design de mobiliário, candeeiros, tapetes e objectos de decoração para a Galeria Vantag que durante anos se dedicou à edição, exposição e comercialização desse tipo de objectos.

 

 

 

Os melhores ou mais afortunados desses arquitectos, projectaram a cidade num certo meio no mundo. E a Escola do Porto, seja qual for a sua definição, tornou-se muito estimada e prestigiada. Para mim, o Porto é muitas coisas para além de ser "cidade de ciência"- é cidade de arquitectura e cidade de arquitectos, por exemplo.

Arquitectos e futuros arquitectos e convidados encheram a maior sala da Casa da Música e as apresentações de projectos construídos ou a construir sucederam-se, sem tradução simultânea que normalmente não faz falta nos concertos(!).

Siza falou e mostrou o seu recente projecto para o Alhambra. E disse umas graças. Com muito bom humor, contou que um dia destes entrou num café aqui no Porto e alguém veio ter com ele e perguntou: “É o arquitecto Souto Moura, não é?” E ele respondeu, triste: “Não sou”.

Estará a passar para 2º plano? Ele não receia isso. Não há segundos planos para os imortais. Estão no pedestal e aí vão estar para sempre.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:40





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2010
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2009
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2008
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D