Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



dia realmente feriado

por Zilda Cardoso, em 20.03.11

 

Decidi que hoje, dia do Pai, seria um verdadeiro feriado para mim: não ia ouvir nem ler notícias nenhumas, nem da Líbia nem do Japão nem de qualquer outro lugar de conflito.

Saí, passeei olhando o céu e o mar, as rochas velhas de milhões de anos, as gaivotas que nasceram ali e os pombos que se não afastam quando alguém passa tranquilamente bem rente a eles - sabem que há espaço para todos.

Dei o segundo passeio do dia, depois de almoço, gozando um sol amoroso e delicado. Tirei fotografias e quando cheguei a casa liguei o aparelho para as ver, ouvi as mensagens e… fui apanhada de surpresa: uma senhora deputada brasileira, protestava vivamente com gestos e tons de grande emoção, contra a corrupção, acusando directamente os corruptos. Chamou-os de ladrões, falou de formação de quadrilha, disse de feudo a propósito de Tribunal de Contas, de moral e bons costumes (o que será isso) num discurso tremendamente emotivo, com os nomes desses em relevo, apontando o dedo para os tais, perante o silêncio abismado de toda a assembleia. O endereço para ouvirem o video é www.ricardogama.net 

Claro que nunca tinha ouvido nada semelhante , tão inflamado e fiquei ali uns minutos. A ser verdade, foi muito elucidativo. Espero que outras mulheres e homens tenham a coragem de dizer a verdade quando a sabem, onde ela pode dar efeito, principalmente, quando pode evitar que sejam prejudicados os que têm menos, os que têm pouco, as crianças. Que a proclamem porque sabem que isso diz respeito a todos. Isso que é a verdade e a justiça.

 

Aqui estão algumas fotografias... que hoje é feriado a sério e não me vou envolver em discussões.

 

 

Os meninos nos pequenos barcos à vela brincando às rodinhas no meio do mar.

 

 

 

 

 

 O homem salva-vidas pronto a intervir. Vêem-no com a boia na mão e os olhos fixos no mar ao longe?

 

 

 

 

  

 

 E a lua muito cheia ao fim do dia.

 

 

   

 

 

Gostei de vê-la assim brilhante, dentro de um círculo com as cores do arco-íris. A minha máquina não apanhou essa beleza extra, mas juro que estava bem visível. Viram?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:35


9 comentários

De Joana Freudenthal a 20.03.2011 às 12:42

Vi, pois. Foi um espectáculo maravilhoso! Aqui nasceu gigante e cor de rosa. Como diz a rapaziada jovem: brutal! Zilda, se puder, veja as fotografias do meu filho Manel no FB, mas aumente-as.

Soube-lhe bem o feriado? Ofereça-se mais feriados a si mesma.

Um beijinho já primaveril.

De Vicente a 20.03.2011 às 14:49

Belas fotografias, parabéns:-)

Este vídeo da brasuca já está na net há um ano e ela depois já terá sido corrompida...eeheheheh

De Zilda Cardoso a 20.03.2011 às 18:39

Não acredito, Vicente. Não quer que eu acredite nisso, pois não? São mentiras dos inimigos. Malvados!
Há mais de um ano...? Fiquei envergonhada, mas sabe, ficará sempre como exemplo. Por isso e tb porque provavelmente e infelizmente a corrupção continua, o facto de a notícia ter mais de um ano... não significa nada. Nada de mal.
Malvado!

De Vicente a 21.03.2011 às 11:17

Faz bem em não acreditar, pois foi só para a taquinar! Coitada da deputada, era e continua a ser incorrupta, apesar do tempo desta reportagem ter sido já há mais de uma ano.

É que não faço a menor ideia sequer se ainda continua a ser deputada, pois foi no tempo do Lula.

Mas se quiser posso dar-lhe o e-mail dela: sítiodopicapauamarelo@corrupcaoencapotada.br.....eheheeh



De Vicente a 22.03.2011 às 17:55

O bom dos feriados é quem pode fazê-los torná-los um hábito...il dolce fareniente!

Eu cá tanho que ganhar a minha vida e vou fazendo várias actividades pouco remuneradas a saber:

a) estou numa esquina da Av. Almirante Reis ao Intendente sentado num banquinho com folhas de papel e uma caneta com bico de pena e um tinteiro, escrevendo cartas a quem não sabe ler. Ele são cartas de amor, de tristeza e dor, de boas novas, de tudo um pouco. Naturalmente que ajudo a burilar as ideias;

b) canto o fado lá mais para a noite, roçando-me pelas paredes com uma gamela de sopa a pedir comida;

c) visto uma batina surrada e num vão de escada oiço as pêgas em confissão e sempre lhes concedo o perdão.

Tenho aprendido tanto com esta vida!

De Marcolino a 23.03.2011 às 06:53

Olá Zilda!
Tenho andado por aqui, espreito, mas as pressas, disto, daquilo e daqueloutro, invadem a minha vontade de comunicar consigo...!
Também me sabe bem estabelecer, de quando em vez, certos e determinados feriados interiores, para poder parar um pouco e fazer aquilo que mais me apetece, nem que seja assustar um velho gato, que esteja a dormitar ao sol...
Barcos à vela..., mas que saudades dos meus tempos de jovem em que andava nestes veiculos ecológicos. Com apenas 9 anitos, aprendi a velejar, com o meu falecido pai, num velho Sharp. Mais tarde passei para os Smipes da Mocidade Portuguêsa, e acabei como timoneiro de um velho Star que pertenceu a um dos irmãos Belo, campeões olimpicos na classe Star.
Hoje apenas os vejo ao longe, ou mesmo na Tv, com aquele entusiasmo de quem praticou este salutar e ecológico desporto maritimo.
As suas fotos estão muitissimo boas, as mais apeteciveis, a meu ver e sentir, são todas aquelas referentes ao mar.
Quanto às da Lua confesso-lhe que é muitissimo dificil fazer este tipo de fotografia, mas sem tripé. A segunda foto, se tem apanhado, na base apenas, o casario portuense iluminado, daria uma belissima foto de um luar sobre a invicta. Tente fazer isto ainda hoje. Vai ver que irá resultar bem!
O halo circular à volta da lua, deve-se à percentagem de humidade absoluta naquela zona, por onde passam certos raios lunares visiveis, num dado local apenas. Torna-se um espectáculo deslumbrante, curiosamente mistico.
Desejo-lhe um dia feliz, e não se esqueça de, mais logo, tirar a fotografia ao luar sobre o lindo Porto!
Abraço
Marcolino

De Zilda Cardoso a 23.03.2011 às 09:26

Olá, Marcolino, bom dia.
Bem vindo. Quem me dera ter a mão bem fime para tirar as fotos à lua e ao luar! Claro que tem muito mais sentido fotografar o luar sobre a cidade, mas ficava muito mal com as luzes douradas em vez de redondas serem umas minhocas compridas e rastejantes. Por isso, cortei a cidade. Ainda se vê numa e noutra um cantinho, mas sem expressão.
Fará apenas o que lhe dá prazer, ganhou esse direito
numa longa vida de actividades. Só que às vezes não somos capazes de realizar o que nos dá prazer. E então vem o desprazer.
Os feriados são muito importantes e eu tb ando muito feriada.
A vela é um belíssimo desporto e eu ainda me lembro dos irmãos Belo, presto-lhes homenagem - era o único desporto em que fazíamos figura de campeões. E éramos campeões. Tenho agora um neto que passa todos os fins de semana no mar e já participa nos campeonatos nacionais. É um grande campeão, vai ser, e cresceu, aos m/olhos, 50 cm este ano. Por aí. Além de bom aluno na escola.

De Marcolino a 24.03.2011 às 04:15

Olá Zilda!
Escreveu, «E então vem o desprazer.».
Mas se olharmos bem dentro de cada um de nós, todo e qualquer desprazer, poderá ser uma lição, para com menos desprazeres, olharmo-nos interiormente.
São estas revelações fisicas, perante o seu olhar, que vos dão enorme prazer, refiro-me ao crescimento, com muito bom aproveitamento escolar, deste seu neto. Campeoníssimo, ou mesmo ainda não, há que o ajudar nas suas opções, de saber estar na sua vida privada, de Alma em Corpo São!
Que melhor prazer do que poder medir em altura este crescimento tão visivel a olhos vistos de um neto que se dá a conhecer, à Familia, aos Amigos, em fim, a todos nós, desta forma tão bela e tão positiva!
Belissimo exemplo!
Abraço
Marcolino

De Anónimo a 27.03.2011 às 22:22

Zilda eu já ouvi essa mulher.É fabulosa! Não é nada poltica, fala sem filtros! Adoro-a!

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2010
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2009
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2008
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D